Chamando o Clã-de-Krark!
22/06/2018 10:00 / 4,605 visualizações / 24 comentários
 
Bom dia a todos.
 
O GP São Paulo finalmente chegou! Vou ser sincero que eu estou bastante animado com o torneio. Modern sempre foi um formato do qual eu nunca fui muito fã, mas confesso que ultimamente ele tem me agradado muito.
 
Eu tinha mencionado no meu último artigo que faria um deck guide sobre algum baralho relevante do metagame. Confesso que a intenção era fazer sobre o Affinity, mas com o resultado recente do GP Las Vegas, a opção não poderia ser outra que não o KCI! Inclusive, eu tenho um amigo na cidade que joga com o baralho e é incrível a quantidade de pessoas que perdem para o deck simplesmente por não entender como ele funciona, ou ainda por não saber como ataca-lo com o devido plano de side. E será esse o objetivo do meu artigo desse mês para a LigaMagic.
 
Para começar a minha explicação, utilizarei a lista usada no GP Las Vegas pelo “Deus” do baralho, Matt Nass:
 
KCI - Modern
2018-06-21

Jogador

LuCaparroz

Visitas

4682

Código Fórum

[deck=924429]
 
Parece-me inevitável dizer que, caso você seja amante do deck, simlesmente copie essa lista e seja feliz! É de uma pessoa que em três GPs fez três top8, ganhando dois deles. São números simplesmente surreais.
 
Antes de dizer o significado de cada carta do deck, gostaria apenas de explicar como o combo funciona, e não é uma tarefa tão simples. Você precisará ter em campo um Scrap Trawler e um Krark-Clan Ironworks. Assim, utilizando a habilidade do Krark-Clan Ironworks, você começará a sacrificar seus outros artefatos, que farão com que você compre cartas, como é o caso de Terrarion, Chromatic Star e Ichor Wellspring; ou poderá usar a própria habilidade dos artefatos para comprar novas cartas, através de Chromatic Sphere, Mind Stone e Pyrite Spellbomb. Como o Scrap Trawler estará em jogo, cada artefato que morrer será capaz de retornar outro artefato de menor custo, tornando possível que você compre uma enorme quantidade de cartas, até encontrar a terceira peça do combo, o Myr Retriever e é ai que a mágica acontece! No momento em que o Myr é sacrificado, ele poderá voltar um artefato de menor custo por causa da habilidade do Scrap em adição a qualquer artefato a sua escolha pela própria habilidade, e o objetivo é que aqui o alvo seja a Pyrite Spellbomb, conjurando a Pyrite Spellbomb com um dos manas gerados pelo sacrifício. Nesse momento, teremos todas as peças necessárias em jogo, faltando apenas gerar uma mana vermelha através da Mox Opal para pagar a habilidade da Spellbomb, que retornará ao campo após ser sacrificada para o KCI. Assim, cria-se uma cadeia de habilidades, onde o Myr volta o Scrap e a Spellbomb, o Scrap Trawler volta o Myr Retriever e a Pyrite Spellbomb retorna a Mox Opal, resultando em quanto de dano você quiser!!!
 
Apenas para tentar ser o mais esclarecedor possível, esse seria o loop:
 
Eu acho que me fiz entender, mas caso algum leitor tenha alguma dificuldade na hora da compreensão, o que é bem possível, porque não é tão simples explicar de forma escrita, pode mencionar nos comentários que eu terei o prazer de tentar explicar de um jeito alternativo.
 
Assim, compreendendo como é o combo, vamos à explicação da função de cada carta no baralho:
 
 
Scrap Trawler – uma das peças do combo, sendo fundamental estar em campo para finalizar o adversário. É ele que vai possibilitar o retorno dos artefatos do seu cemitério, gerando uma grande quantidade de mana com o Krark-Clan Ironworks e comprando uma quantidade de cartas suficientes para achar as outras peças e finalizar a partida.
 
 
Myr Retriever – segunda peça fundamental do deck e é ele, em combinação com o Scrap Trawler e o Krark-Clan Ironworks, que resultará um “loop infinito” de cartas, acabando com os pontos de vida do seu adversário.
 
Claro que durante a partida ele também tem uma função de utilidade, podendo bloquear uma criatura do oponente e retornar uma peça do combo que foi anulada ou descartada, ou até mesmo um Engineered Explosives para lidar com as ameaças do adversário.
 
 
Krark-Clan Ironworks – a terceira, mas não menos importante, peça do combo, que inclusive dá o nome ao baralho. Ela é o mecanismo capaz de abusar das habilidades das duas cartas acima para que o combo funcione. Diferente das outras peças que têm alguma utilidade sozinha durante o jogo, a função dessa carta se resume em colocar o combo para operar. Raramente sua habilidade causará um grande impacto na mesa, tirando os casos após o sideboard, pois pode ser uma forma de acelerar a entrada do Wurmcoil Engine.
 
 
Pyrite Spellbomb – é a kill condition do baralho. Depois de colocar todas as peças do combo na mesa é ela que será retornada constantemente, causando dois de dano no seu adversário quantas vezes você desejar.
 
Também possui a função de remoção no decorrer do jogo, podendo resolver criaturas problemáticas para o baralho, como Eidolon of the Great Revel, Thalia, Guardian of Thraben, Gaddock Teeg, ou até mesmo atrasar o jogo do adversário, matando uma Noble Hierarch, etc.
 
 
Ancient Stirrings – quem me conhece sabe que eu digo que essa é a carta mais roubada do formato! Uma cantrip que no deck certo é capaz de procurar a resposta desejada em cinco cartas é realmente absurda. E é exatamente para isso que ela está ai, achar a peça que está faltando para finalizar seu oponente o quanto antes.
 
 
Engineered Explosives – como vocês puderam perceber, é importante ter artefatos de custo 0 para gerar as manas necessárias para colocar o combo para funcionar. Por que não aliar isso à possibilidade de responder praticamente qualquer permanente do adversário? Que sonho ainda ter 17 cartas no deck que geram manas de qualquer cor, podendo responder até cartas como Leyline of the Void, Thought-Knot Seer e Jace, the Mind Sculptor!
 
 
Chromatic Sphere, Chromatic Star, Ichor Wellspring, Mind Stone, Terrarion – famosos operários! Eles estão aqui para ciclar o baralho tanto para achar o combo, como para tirar valor das habilidades do Scrap Trawler e Myr Retriever.
 
 
Mox Opal – dispensa comentários, apenas estamos falando de um deck de combo focado em artefatos!
 
 
Darksteel Citadel – além de auxiliar a Mox Opal também é um artefato adicional de custo 0 na hora de começar a sacrificar as permanentes para o Krark-Clan Ironworks.
 
 
Inventors' Fair – é complicado e até meio estranho usar tantas cópias de um terreno lendário, mas são inúmeras as vezes em que o baralho gerará quatro manas sacrificando dois artefatos irrelevantes e encontrará a peça do combo que estiver faltando. Esse terreno é sem dúvida de suma importância, além de contribuir com alguns pontos de vida no decorrer da partida.
 
Fique apenas atento que para usar a habilidade é necessário ter três artefatos em jogo! Já vi pessoas se complicando gerando a mana através do sacrifício do Krark-Clan Ironworks e na hora de sacrificar o terreno, não ter a quantidade suficiente.
 
 
Buried Ruin – terreno de utilidade, capaz de retornar alguma peça do combo que foi descartada ou anulada. Muito funcional. Também é bom lembrar que, com ele em jogo, você pode sacrificar um artefato qualquer para gerar duas manas, utilizando a habilidade dele “de graça”. Parece besteira, mas já vi jogadores deixando passar esse tipo de jogada.
 
Após a análise das cartas do baralho, gostaria de listar alguns loops que são possíveis de se fazer com o deck. Importante dizer que em todos eles será necessário ter um Scrap Trawler e um Krark-Clan Ironworks em campo:
 
- Myr Retriever + segundo Scrap Trawler ou Krark-Clan Ironworks + Mox Opal. O Myr retornará a carta de maior custo do seu cemitério e a Mox Opal. Por sua vez, a carta que você retornou de maior custo, poderá retornar o próprio Myr Retriever, criando o loop;
 
- Dois Myr Retriever + qualquer artefato de custo dois ou menos. Com essa combinação, cada Myr Retriever será capaz de voltar o outro em adição ao artefato adicional;
 
- Myr Retriever + dois artefatos de custo um. Aqui entra uma jogada um pouco mais avançada. Ela é possível pelo fato de que, na hora de pagar uma mágica, você pode gerar as manas no mesmo momento (habilidade do Krark-Clan Ironworks). Assim, sacrificando o Scrap Trawler e o Myr Retriever, é possível que cada um volte o outro. Para que isso seja feito, é necessário que você anuncie que a mágica de custo um está sendo feita, e sacrifique o Myr Retriever, o Scrap Trawler e o outro artefato de custo um para pagar seu custo. Dessa forma, você criará um loop, sacrificando artefatos como Chromatic Star ou Terrarion para comprar cartas ou sacrificando um artefato de custo 0 para gerar mana;
 
- Myr Retriever + Chromatic Sphere ou Chromatic Star + Mox Opal. Nessa interação, você anunciará que está sacrificando a Chromatic para mana e pagará o custo utilizando a habilidade do Krark-Clan Ironworks, sacrificando o Myr Retriever, Mox Opal e o próprio Krark-Clan Ironworks, gerando sete manas. Resolvendo a habilidade do Scrap Trawler, o KCI retornará o Myr Retriever; o Myr retornará o KCI e a Chromatic; por fim, a Chromatic retornará a Mox Opal. Fazendo isso repetidamente, comprará uma carta toda vez, finalmente achando a Pyrite Spellbomb para acabar com os pontos de vida do adversário.
 
É importante mencionar que esses loops não são a coisa mais fácil, então leiam com calma para compreender as situações e poderem tirar o maior proveito jogando com o KCI ou sabendo como impedir as mais variáveis formas do seu oponente de KCI de ganhar a partida.
 
Apenas como complemento, gostaria de dizer que com o Wurmcoil Engine, você pode gerar a quantidade que quiser de fichas na hora que estiver combando, retornando ele como se fosse a Pyrite Spellbomb. Isso é importante de ter em mente se, por exemplo, a sua Pyrite Spellbomb for exilada por uma Surgical Extraction.
 
Como meu objetivo também é ajudar as pessoas que podem enfrentar esse baralho em suas lojas locais, PPTQs, Circuito LigaMagic ou até mesmo no GP, listarei cartas bem importantes de cada cor contra esse deck que, caso estejam no seu side, deverão entrar no segundo jogo ou que são opções bem viáveis se você quiser melhorar a partida:
 
 
Então é isso, pessoal, espero que tenham gostado do artigo e que ele possa ter sido esclarecedor da forma que o combo funciona, dos modos em que é possível matar e de como se reforçar para ter a menor chance possível de perder a partida.
 
Dúvidas, sugestões e críticas construtivas são sempre bem vindas!
 
Abraço a todos!
 
LuCaparroz
 
 
TAGS: 

LigaMagic App

ARTIGOS RELACIONADOS

Jogue como uma Garota

O report e os destaques do melhor evento da minha vida.


Report Top4 Grand Prix São Paulo

Report e Sideboard Guide do Mono Green Tron.


O Submundo do Modern - Primal Company

Uma lista. três estratégias.





Comentários

Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.

VIP OURO kk3kk4 (26/06/2018 23:47:59)

mesmo assim, tem explosivos pra se livrar disso. Acho que o ideal mesmo é extração/extirpate em alguma outra peça do combo que não seja a magibomba. no próprio KCI para o oponente não poder sacrificar nada em resposta, o no Scrap Trawler. Claro, são necessárias 2x cartas para isso funcionar corretamente, e tem que fazer a jogada na hora certa.

Eu tava aqui aprendendo o deck com proxy. É bastante consistente e foge muito bem de hates. Percebi algumas coisas no pouco tempo que testei. Relíquia de progenitus só atrasa o deck, mas não resolve. Treinei contra Tron e UW control, e mesmo o UW com vários counter e etc, "venci" a maior parte das partidas.

Como ia dizendo, eu tava fazendo assim: Primeira coisa que desço é o KCI, pq se entrar, ai a coisa fica bem interessante contra hates como reliquia e surgical. Mas senti o sufoco pra vencer com stony silence na mesa. Os outros hates temos mais outs por causa dos explosivos.

Alias, basicamente o que o Caparroz explicou ali em cima. Outros hates funcionam, mas o clock tem que ser forte.

Chii (26/06/2018 20:55:02)

A parada entao eh extirpar

LordTezzeret (26/06/2018 17:48:53)

Então teria que ser nomeada a bomba de pirita.

cwnannwn (26/06/2018 10:52:28)

Em resposta sacrifico um artefato custo 2 e volto ela pra mão. Ou já que é pós side, te mato no Aether Grid/recur de wurmcoil mesmo.

Chii (25/06/2018 19:08:03)

Extração na bomba de pirita

VIP OURO kk3kk4 (23/06/2018 06:35:16)

Agulha não funciona. Habilidade de mana...

LordTezzeret (23/06/2018 02:28:32)

Não vê na parte Incolor a citação de usar "Agulha Medular" e outras cartas que fazem a mesma coisa para nomear o Krark-Clan Ironworks. Na parte Azul não vê a menção de Retorno de Hurkyl usado no passe do turno dele.

VIP STAFF LuCaparroz (22/06/2018 19:55:39)

Sim, formas de aceleração do clock também são bastante eficientes contra baralhos de combo de modo geral.

VIP STAFF LuCaparroz (22/06/2018 19:53:32)

Sim, se você joga de Hollow One ou Affinity e usa Thoughtseize no side, não sobe no match não, deixa os Lightning Bolt e afins. =)

Se você assume que seu oponente sempre terá as respostas e seus hates serão irrelevantes é melhor ir jogar um For Fun na cozinha. xD

VIP STAFF LuCaparroz (22/06/2018 19:51:24)

Sim, você pode anunciar e pagar o custo, mas isso é uma coisa que quase ninguém conhece.

Foi até bom você ter mencionado. =)

Sobre os hates, claro que todo deck que consegue aparecer no meta tem uma tendência a conseguir ter respostas para eles, mas isso não impede o fato que dá uma atrapalhada. E isso é para qualquer deck. xD

VIP STAFF LuCaparroz (22/06/2018 19:48:27)

Sim, é uma boa opção também. Acabei optando pelas mais populares.

LeoSperandio (22/06/2018 19:44:22)

Na relação de cartas boas contra o deck tem Geist e Rabblemaster, até então não tinha entendido, mas acho que lendo os comentários, peguei porque eles são listados, mas queria confirmar... é pelo clock agressivo que colocam?

Enfrentei o baralho uma vez só de Abzan Counters Company e mesmo eu tendo uma porrada de hate efetivo nas 75 (Scooze, RecSage, Kataki, Qasali e Stony) eu pastei para enfrentar. Ganhei combando sempre um turno antes dele combar, uma vez que o combo de vida infinita não me ajuda em nada (o melhor ainda é o scry do Viscera, que com uma canopy posso comprar o Stony, p.ex. e por em jogo).

VIP OURO [sm]_Frejat (22/06/2018 18:25:09)

Justamente, os hates só atrasam, não são definitivos, sem clock suficiente, não vira, o mais eficaz na real é surgical atrelado a um descarte antes do combo entrar, pq se entrar tb é inútil.

cwnannwn (22/06/2018 14:53:06)

Na real, Stony e Damping Matrix são as piores (só morrem pra 4 nature's claim). E ainda por cima desabilitam quase todos os draws (todas as cromaticas, terrarion e magibomba); dificultando achar o anti-hate.

Leyline em seguida (4 claim, 3 explosivos pra 4 - não tão dificil quanto parece)- E essa nem remove o grave se não entra no turno 1. É um hate abaixo da média pra ser sincero. Só desabilita Terrarion e Estrela - Esferas e Magibombas ainda ajudam a cavar pra achar o anti-hate.

Daí Rest in Peace (4 claim, 3 explosivos pra 2). Esferas e Magibombas ainda ajudam a cavar pra achar o anti-hate.

ThorNeira (22/06/2018 14:45:43)

Descarte/anulação nem deveria contar como side. O deck recupera o que vai pro gy.

RIP tbm morre pra Explosivos... Só Leyline preta salva de forma eficaz.

ArthurCaryon (22/06/2018 14:36:54)

Tristeza esses cara que revelam o segredo do deck.

iAbadon (22/06/2018 14:01:41)

Arthurzão perdeu efeito surpresa se fala aehuaheuahea. Nice artigo Jão

cwnannwn (22/06/2018 13:58:26)

Melhor artigo acerca das "minúcias legais" do KCI:

https://www.reddit.com/r/ModernMagic/comments/8gfw7d/krarkclan_ironworks_by_the_rules/

cwnannwn (22/06/2018 13:50:21)

Pode. Inclusive da pra usar a ativação da habilidade pra iniciar o "stupid loop" algumas vezes quando o oponente força uma remoção no Scrappy e você não tem outra coisa pra ativar e colocar tudo no grave ao mesmo tempo com KCI e ficar sem "metal craft" na hora que habilidade da Feira for resolver sem problemas.

Você só tem que ter metal craft quando anuncia ativar ela, depois disso não precisa mais ter artefatos no jogo.

VIP STAFF sandoiche_13 (22/06/2018 13:45:58)

O que é forte desse deck é que assim como o UR Storm, e diferente de outros combos como o Ad Nauseam, ele tem mais de uma maneira de combar, e não precisa necessariamente ser sempre com as mesmas cartas na mesma ordem. No Magic Online muitas listas usam Aetherflux Reservoir, que permite que um loopzinho pequeno de algumas bolinhas já consiga finalizar o oponente.

Quanto à Feira dos Inventores, acredito que você consiga fazer igual conjurar o Thoughtcast com Chromatic Sphere não? Anuncia que vai ativar a habilidade, e então sacrifica os artefatos?

E se você reparar no Matt Nass combando, ele nunca faz o land drop antes de começar. Justamente porque pode achar o Buried Ruin e então voltar algo de custo mais alto ou algum outro Scrap Trawler.

E os cards de hate que destróem são bem pouco eficazes, se não forem aliados a um clock forte. O KCI recupera muito bem os recursos, compra muitas cartas, e se livra de hates simples como Dampening Sphere ou Meddling Mage com Explosivos/Pirita. Os hate cards que realmente dão shutdown no deck são só Leyline of the Void, Rest in Peace e Stony Silence.

cwnannwn (22/06/2018 11:56:42)

Você pode fazer esse mesmo looping variando o sequenciamento. Você consegue inclusive inserir o wurmcoil no "stupid loop" quando conjura a ultima spell de custo 1 ou menor sacrificando tudo pra pagar o custo dele e desencadeando uma sequencia de Wurmcoil volta KCI, KCI volta Scrappy, Scrappy Volta Myr, Myr volta Wurmcoil e, por exemplo, Esfera Cromática. Desse modo da pra fazer o mesmo looping comprando carta com uma Esfera Cromática enquanto do jeito normal vc só compra carta se o artefato de custo 1 for necessariamente um Terrarion ou Chromatic Star.

(Isso ja é KCI level master, não se preocupem em tentar entender se não fizer sentido).

cwnannwn (22/06/2018 11:52:01)

Um dos jeitos, usando o Wurmcoil como parte do looping (existem 300 jeitos de fazer mana infinita, não precisa ser necessariamente com ele).

KCI + ScrappyT + Myr Retriever (pode estar no cimitério) + Wurmcoil + Qualquer carta de custo 1 ou menos (pode estar no cimitério).

Sacrifica Wurmcoil (volta Myr com trigger) pra KCI. Sacrifica as Fichas (6 de mana). Conjura Myr Retriever, sacrifica pra KCI, e volta Wurmcoil com o trigger dele próprio e volta artefato de custo 1 ou menor com o trigger do ScrappyT(ainda 6 manas). Conjura Wurmcoil sacrifica pra mana de novo (novamente voltando o Myr), conjura artefato de custo 1 ou menos e sacrifica pra mana). Nesse ponto vc tá gerando mana cada vez que faz o loop.

Gere mana infinita, e depois repita o looping mas sem sacrificar as fichas do Wurmcoil (pq vc tem mana sobrando dos loopings anteriores).

Pronto, fichas infinitas.

Thallen (22/06/2018 11:16:09)

Damping Matrix, destroi o deck tb.

xypra (22/06/2018 11:09:42)

Ótimo artigo para um ótimo deck, apenas para esclarecer, podia explicar mais detalhadamente o loop p fazer fichas infinitas do wurmcoil?