Pensando Fora da Caixa
12/05/2018 10:00 / 8,061 visualizações / 30 comentários

Poucos sabem mas, assim como nos demais formatos Constructed, há um ambiente bem definido no Pauper. É possível identificar claramente quais são os principais decks que compõem o tier 1, as demais alternativas que definem o tier 2 e tier 3, além de listas que fogem do padrão. Se levarmos em consideração o ambiente atual do Magic Online — principal plataforma que define o formato — podemos categorizar os principais decks da seguinte maneira:
 
Tier 1
 
UR Skred
Boros Monarch
UW Tribe
Mono U Delver
 
Tier 2
 
Stompy
Tron
Dimir Alchemy
Burn
GW Auras
Affinity
 
Tier 3
 
Elves
MBC
Mono White Heroic
Red Deck Wins
 
Importante reforçar que este é o cenário de hoje do Magic Online, mas é muito comum que alguns dos decks citados flutuem entre os grupos. É preciso estar muito atento ao ambiente, acompanhar algumas mudanças sutis que ocorrem ao longo das semanas e tentar entender qual o deck mais bem posicionado para determinados torneios.
 
Se compararmos com o ambiente “off-line”, perceberão que não haverá grandes diferenças, até porque muitos jogadores se baseiam nas listas que fazem sucesso na plataforma digital quando resolvem disputar algum torneio grande IRL. Único ponto importante e que diferencia o ambiente digital do físico é a forte presença de MBC, Affinity e Burn nos torneios nacionais. Não sei se é pelo fato de boa parte das cartas jogarem em outros formatos, pelo custo dos decks ou por algum outro fator que desconheço, mas é preciso se atentar e ter um bom plano de sideboard contra estres três decks.
A grande vantagem do Pauper é que não há nenhum deck invencível ou que desequilibre o formato, portanto mais do que apostar em um dos baralhos do tier 1, o jogador deve estar atento com o ambiente e optar por um que combine com o seu estilo de jogo para que as tomadas de decisão fluam com maior naturalidade e seja mais fácil lidar com situações adversas.

Seguindo esta linha de raciocínio, alguns jogadores preferem pensar fora da caixa e se arriscam com listas alternativas mesmo com o Pauper apresentando tantas opções já conhecidas capazes de conquistar bons resultados. Hoje apresentarei três opções de decks alternativos que me chamaram a atenção nestas últimas semanas e que podem servir de opção para quem enjoou das listas atuais ou pretende jogar com algo diferente.
 
UW Prowess

UW Prowess - Pauper
2018-05-10

Jogador

Thorgrim

Visitas

8162

Código Fórum

[deck=887206]
 
O UW Prowess é mais um deck no formato que se aproveita da força e versatilidade dos cantrips azuis. Ponder, Preordain e Brainstorm são peças fundamentais por serem responsáveis por ativar o prowess de suas criaturas, organizar o topo do seu grimório para o Delver of Secrets e Augur of Bolas, além de funcionarem muito bem com Elusive Spellfist, que possui habilidade bem semelhante ao prowess.

É o primeiro deck que conseguiu unir duas das melhores criaturas do Pauper na mesma lista: Delver of Secrets e Seeker of the Way. Ambas funcionam muito bem com a estratégia de tempo proposta pelo deck e a presença de cartas como Mutagenic Growth, Vapor Snag e Dispel fazem com que as duas sejam difíceis de serem removidas de jogo.
 
A grande vantagem do prowess é que a criatura não precisa ser o alvo para a habilidade ativar. Portanto, quanto mais criaturas com a habilidade estiverem na mesa, maior será o estrago causado por suas mágicas.
 
O deck não costuma ser tão agressivo como outros decks combo que dependem de Gush, como Izzet Blitz e UW Tribe, mas possui mais consistência pelo fato de não ser tão dependente de uma ou duas criaturas.

Jhessian Thief sempre funcionou muito bem em Limited e trata-se de um teste muito válido para o Pauper. A sua habilidade é extremamente relevante e faz com que o oponente tenha que se dividir entre bloqueá-la ou deixar um Seeker passar.

Se você já possui a base azul do Mono U Delver, mas pretende variar um pouco e quer jogar com algo diferente, este é o seu deck. Além de ser extremamente divertido, o UW Prowess possui muito potencial e já mostrou ser bem competitivo, alcançando recentemente bons resultados na plataforma digital.
 
Lavarunner Burn
 
Lavarunner Burn - Pauper
2018-05-10

Jogador

Thorgrim

Visitas

8202

Código Fórum

[deck=887210]
Sideboard (15 cartas)

1 terrenos

14 outras mágicas

  • Menor Preço

    R$ 9,95

  • Preço Médio

    R$ 45,08

  • Maior Preço

    R$ 119,99

 
Apesar do Burn ser considerado um dos principais decks do formato, a lista desenvolvida pelo PDX-ONE apresenta uma mudança significativa de conceito, já que abre mão de Thermo-Alchemist , Firebrand Archer e Curse of the Pierced Heart — cartas que por muitos meses foram consideradas indispensáveis ao deck.

A principal mudança estratégica foi substituir cartas teoricamente lentas e que muitas vezes dependiam de outras mágicas para funcionar por cartas mais agressivas e que individualmente executam bem o seu papel, como:
 
 - Keldon Marauders, que mesmo sendo alvo de remoções no turno em que entra em jogo, consegue causar 2 pontos de dano ao oponente e;
Flame Rift, que apesar de possuir a desvantagem de também causar 4 pontos de dano em você, acaba sendo uma excelente opção, já que esta lista possui um apelo mais agressivo do que as versões tradicionais.
 
 - Ghitu Lavarunner é mais uma novidade do main deck e apesar de ser considerado um Goblin Guide mais lento e mais condicional do que a criatura original, não permitir que o oponente compre traz um grande diferencial para a carta. Se aproveitado nos primeiros turnos, Ghitu Lavarunner causa facilmente 4 pontos de dano, transformando-se muitas vezes em uma opção mais efetiva do que a maioria dos burns presentes no deck.
 
A última grande mudança é a presença do set completo de Gitaxian Probe na lista. Prioritariamente, a carta entrou no deck para agilizar a ativação do Lavarunner, mas além desta importante contribuição, há três outros benefícios oferecidos por Gitaxian Probe:
 
1. Permite que você utilize somente as cartas que de fato tem interesse em incluir no deck, sem ter que adicionar cartas mais fracas somente para poder completar as 60 cartas necessárias para fechar o main deck.
2. Funciona muito bem com Magma Jet por razões óbvias.
3. Permite que você veja a mão do oponente e descubra se há algum counter, remoção ou lifegain, te auxiliando no planejamento dos próximos turnos para que seja utilizada a sequência correta de mágicas nos turnos adequados.

O sideboard utilizado é bem linear e desenvolvido para o metagame do Challenge, do Magic Online, portanto quem tem interesse em jogar com este deck na loja de sua cidade, vale a pena ficar atento ao ambiente para moldar o sideboard de acordo com as suas ameaças.

Se alguém se interessou pelo sideboard do PDX-ONE, segue um guia rápido:
 
Seal of Fire entra para combater o UW Tribe, Blazing Volley para lidar com Elves, Smash to Smithereens versus Affinity e Boros e Staggershock para lidar com decks baseados em criaturas, como Stompy e Red Deck Wins.
 
Ainda é cedo para afirmar se esta versão continuará trazendo bons resultados ou se substituirá a versão mais tradicional do Burn, mas certamente é uma lista que merece destaque e deve ser acompanhada de perto nas próximas semanas.
 
Mono Black LD
 
Mono Black LD - Pauper
2018-05-10

Jogador

Thorgrim

Visitas

8381

Código Fórum

[deck=887215]
 
Land destruction é um dos arquétipos mais adorados pelos jogadores de Magic, os mais saudosistas lembrarão do Ponza, deck vermelho que apostava no potencial de cartas como Pillage e Avalanche Riders, mas infelizmente os tempos mudaram e são poucos os decks que adotam este tipo de estratégia que saem vitoriosos.

Recentemente uma lista de Mono Black LD começou a conquistar bons resultados no Pauper e despertou o interesse dos amantes do land destruction e de outros jogadores. Apesar de já termos um Mono Black no ambiente, a versão LD possui uma lista completamente diferente, já que abre mão da maioria das criaturas e remoções para poder incluir os LDs.
 
A grande vantagem desse tipo de estratégia no Pauper é que se trata de um formato onde a maioria dos decks utiliza menos de 20 terrenos e é comum ver jogadores keepando mãos arriscadas com apenas uma fonte de mana, fazendo com que você tenha “free wins”.
 
Assim como nos demais decks pretos, Gurmag Angler é escolhido como finisher e desempenha muito bem o seu papel. Os Peat Bog e demais mágicas ajudam a encher o cemitério rapidamente, e é comum jogar o peixe zumbi por três ou quatro manas.
 
Dusk Legion Zealot, Thorn of the Black Rose, Sign in Blood e Night's Whisper são as opções de compra escolhidas para o deck e possuem um papel fundamental, evitando que o oponente encontre terrenos e se recupere no jogo antes que você o finalize com um Gurmag Angler.

A lista utiliza 14 LDs, com destaque para Befoul, que pode auxiliar destruindo uma criatura no lugar do terreno e Rancid Earth, que funciona muito bem contra Fadas e Elves caso o Threshold consiga ser ativado.
 
Dark Ritual e Peat Bog funcionam como ótimos aceleradores e cartas como Thorn of the Black Rose ajudam a recuperar os recursos perdidos em troca de velocidade. Chainer's Edict se apresenta como uma das poucas remoções do deck, mas possui um papel importante e consegue lidar com a maioria das criaturas problemáticas.
 
Difícil comparar o deck com o MBC tradicional, pois as propostas de jogo são bem diferentes. Recomendo o deck para todos os jogadores que possuem saudade do arquétipo e querem matar a vontade de destruir alguns terrenos jogando um Pauper. Além disso, é uma ótima opção para quem já possui um MBC tradicional montado e quer investir pouco para ter um segundo deck.
 
-
Essas foram as novidades de hoje, como disse, são decks fora do comum, e que abordam estratégias já conhecidas, mas que tem seu valor.
 
Obrigado pela leitura e até a próxima.
 
 

Ricardo Mattana ( Thorgrim)
Ricardo, 31 anos, carioca residente em Barueri, é formado em Propaganda e Marketing e teve seu primeiro contato com o Magic em 1999. Atualmente é um grande entusiasta do Pauper, admirador de cartas comuns históricas e apaixonado pelo Magic raiz!
LigaMagic App

ARTIGOS RELACIONADOS

Pisca Azul, Pisca Vermelho

Report do CLM Pauper


Sete às Onze

Se mantendo dentro do jogo o tempo todo.


Unidos Venceremos

Fractius no Pauper.


TOP5 Cards de Dominária para o Pauper

Destaques comuns da edição.


No Grind: Standard, Modern e Pauper no CLM

Reports e discussões sobre cada um dos fronts do CLM11.





Comentários

Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.

cr (20/06/2018 17:13:00)

Muito bom o artigo! Parabéns! Sou iniciante no Magic e estou investindo no formato pauper, tenho um Mono U Delver e montar esse UW Prowess vai ser muito barato, obrigado mesmo! Já vou atrás dessas cartas e variar um pouco de deck. Por mais artigos como este, um abraço!.

Thorgrim (26/05/2018 09:54:24)

Nunca cheguei a jogar com o Tortured Existence, mas acho que é um deck relativamente lento para um ambiente com decks tão rápidos como Tribe. O grande problema é que ele aposta em uma estratégia que depende do grave e naturalmente os jogadores de Pauper já utilizam cartas para lidar com grave por causa do Tron e decks que usam Gurmag Angler e Chainer's Edict, então acaba perdendo o fator surpresa.

Resumo, trata-se de um deck interessante com relativo potencial, porém é fácil de hatear.

Thorgrim (26/05/2018 09:51:47)

Muito obrigado pelo comentário, continue acompanhando os textos aqui na Ligamagic.

laern (18/05/2018 16:53:25)

mto bom o artigo, nao conhecia nenhuma das 3 builds!

surfe (18/05/2018 09:02:52)

Ja q é pra pensar fora da Caixa, o q vc acha do Tortured Existence?

Thorgrim (17/05/2018 08:55:35)

Obrigado pelo comentário!

Thorgrim (17/05/2018 08:54:52)

Obrigado pelo comentário! Com certeza terão novos textos abordando outras listas fora do padrão.

Thorgrim (17/05/2018 08:54:12)

Muito obrigado pelo comentário! Azul definitivamente é a cor mais forte do formato, mas não acho que seja necessário algum banimento.

Há bons decks de outras cores no formato como Boros Monarca, Stompy, MBC, Burn... e na própria cor azul existem diversos decks diferentes.

Entenderia ser um problema se um ou dois decks estivessem dominando o formato sem dar chance para os demais arquétipos.

vitorpinheiro (14/05/2018 19:54:17)

Muito legal o artigo, parabéns. Acho interessante haver essa discussão dos Tiers do pauper e, pelo menos é como eu penso, acho que há pouco debate sobre como o azul é dominante no formato. Claro que, em regra, banimentos são só em casos raros, de cartas problemáticas ou que desnivelam muito o formato, mas acho o pauper um formato com tanto potencial que fico pensando como ele seria sem "counterspell", sem "ponder", sem "preordain", e talvez até sem "augur" ou sem "gush", que são o esqueleto de 3 dos 4 decks tier 1 (o que, fazendo as contas, representa 40% de todos os top8 de challenges do pauper desde o começo do ano). O que você acha?

cabritoss (14/05/2018 13:33:25)

Bá, artigo top! Na minha cidade sempre curti inovar com decks pauper também. Espero que tu continue postando artigos nesse sentido!

Thorgrim (14/05/2018 13:06:06)

O BW Pestilence é um deck que poderia ser encaixado no tier 3 ou próximo aos decks "fora do padrão". Apesar de já ter tido relativo sucesso, atualmente é muito raro encontrar jogadores apostando no deck no Magic Online.

A maioria das pessoas que jogavam de BW migrou para o Boros, que é outro deck que explora muito bem o potencial do monarca.

surfe (14/05/2018 08:18:33)

Artigo TOP!
Prowess é underrated ainda no pauper. Esses dias tomei uma surra de um UR prowess. O cara fazia um mini combo de gush+ rito vermelho

Dark_confidant_149 (13/05/2018 20:48:52)

bw pestilence fora de tudo??

VIP OURO AdrianoTT (13/05/2018 11:37:32)

Mas eu falava do Metagame do MOL mesmo, não do Metagame "local", pelo que o pessoal falava em comentarios, aquela "primeira" tela do MTGGoldFish com uns 15 decks seriam todos Tier 1, só os que aparecem "depois" [ao clicar no "view more"], que seriam Tier 2, 3 e por ai vai...

Essa "tela" que eu falo:
https://www.mtggoldfish.com/metagame/pauper#online

Continue ai postando seus otimos artigos! Parabens! :)

Thorgrim (13/05/2018 11:23:14)

Muito obrigado Heli, TMJ!

Thorgrim (13/05/2018 11:19:08)

Muito obrigado, continue acompanhando!

Thorgrim (13/05/2018 11:18:40)

Opa, muito obrigado Sandoiche! Elogios de uma pessoa que é um ótimo jogador e um baita escritor vale sempre dobrado. To com moral! rs

Thorgrim (13/05/2018 11:17:30)

Muito obrigado pelo comentário Adriano. Esse lance de tier é bem delicado, por que o ambiente varia muito de loja em loja. Mais importante do que se apegar há alguma lista é entender de fato quais são os decks que mais aparecem em sua loja e quais os decks melhores posicionados no formato como um todo.

O ambiente de um CLM em uma loja é muito diferente do ambiente de um campeonato paralelo de um GP, por exemplo.

Thorgrim (13/05/2018 11:15:11)

Muito obrigado, continue acompanhando os textos e comentando. O feedback de vocês é muito importante.

Thorgrim (13/05/2018 11:12:50)

Muito obrigado! Continue acompanhando por que teremos muitas novidades sobre Pauper.

Thorgrim (13/05/2018 11:12:08)

Muito obrigado! MBC realmente é um deck bem adorado pelos brasileiros, vale a pena ficar atento ao ambiente da sua loja para escolher o deck mais preparado. Conhecer o ambiente faz uma imensa diferença.

helimateus (13/05/2018 01:15:54)

Valeu Mattana! Mais um ótimo artigo cara! Abraço

ysoeiroBR (13/05/2018 00:56:01)

Ótimo artigo!

VIP OURO AdrianoTT (12/05/2018 23:52:30)

Muito obrigado, Thorgrim, por mais esse ótimo artigo.

Isso que você comentou hoje é bem legal, pois sempre pensei, até porque muita gente que eu conhecia comentava de outra forma, que decks Tier eram basicamente todos esses que você citou e dividiu em Tier 1, 2 e 3. Tier 2 já seria, pelo o que o pessoal falava, um Mono White Winnie, um Fractius, etc... E Tier 3, seria decks "mais obscuros" ainda...

Sempre achei que o Mono Black Control era Tier 1 e não um Tier 3. Acho que vou demorar a me acostumar com isso.

VIP STAFF sandoiche_13 (12/05/2018 15:04:03)

O submundo do Pauper! rs excelente artigo como sempre! Dá gosto se manter inteirado no formato com conteúdo desse calibre.

Drew (12/05/2018 12:49:48)

nem é sancionado, pra que ela iria fazer?

Martinez (12/05/2018 10:46:47)

parabéns pelo artigo

gmila84 (12/05/2018 10:35:14)

Já passou da hora da Wizards fazer um set especial para pauper, por mais estranho que soe.

yuukari (12/05/2018 10:33:04)

Muito bom mano!!

Tyr (12/05/2018 10:31:53)

Parabéns pelo artigo, cara!!!
Aqui na cidade o field muda consideravelmente a cada semana... tem semana que o mbc aqui é tier 1 absoluto...