Sala de comando - Dominaria pt. 2
07/05/2018 15:00 / 3,525 visualizações / 4 comentários

 

Ola, satanitos!
 
Dando continuidade aos serviços, hoje é dia dos destaques WUB de Dominaria.
 
Então vamos dar uma olhada no que temos de destaque em Branco, zaul e preto?
 
Não vai ser um top 5 ou  10, das melhores de cada cor, mas sim quais cartas me chamaram mais a atenção, com foco em mesão, em cada cor.
 
Hey ho, let´s go?
 
Branco:
 


No deck certo, essa xarta é uma voadora nos dentes.
Auto include em superfriends ou qualquer deck com branci, com foco em lendárias.
Lembre-se, porém, que os generais dos amiguinhos vão continuar na mesa.
 


Sozinha, é um Armageddon bem ruinzinho – caro, lento, e “amigável”.
Eu vou listar ela aqui, não porque achei uma carta realmente boa, mas porque se você enfia shenanigans de contadores, como Chisei, Heart of Oceans, Power Conduit, Hex Parasite, etc, fazem de Fall of the Thran, a coisa perde o controle fácil. E vira o sonho molhado de todo jogador sem amor no coração.
 


Por um mana a mais, eu prefiro Banishing Light, que tem bem menos restrições.
Comparar com Swords to Plowshares é covardia, mas, quando você compara com Journey to Nowhere, começa a ter lá seu valor.
Eu não rodaria, seja porque não acho que commander seja lugar de trick, seja porque para o que ela faz, não faltam opções.
 


Board the Weatherlight pode morar no mesmo deck que Urza's Ruinous Blast. O problema é que esse deck provavelmente não vai ser mono white, e se tiver Oreti... bem, não vão faltar opções melhores.
 


Um Glorious Anthem com pernas, porém, mais difícil de conjurar fora do mono white
Harmoniza bem, não só com tribal de Knight, mas com qualquer deck weenie mono W..
 
 
Azul:



Quem gosta desses paranauês de turno extra (Narset, Enlightened Master) , não costuma pagar mesmo o CMC.
Não faltam opções para turno extra em azul, mas se você precisa de uma, tem mais uma opção.
 


2 Dig Through Time seguidos e uns beaters pra amaciar/finalizar? Decks focados em artefatos não tem o que reclamar – junte com Tezzeret, Agent of Bolas, e Tezzeret the Seeker, e corra pro abraço.
 


Não consigo pensar em um deck spellslinger rodando sem essa carta. 
Ela vai ser reutilizável (Archaeomancer),  não vai faltar maneiras de duplicar o efeito de duplicação dela (Swarm Intelligence,Izzet Guildmage, Melek, Izzet Paragon, Dual Casting, etc), e CMC 5 é redondinho pro uso dela.
 


Também muito boa spellslinger, e particularmente cremosa com Keranos, God of Storms
 


Lembram de Fall of the Thran? Posé, “com Chisei, Heart of Oceans, Power Conduit, Hex Parasite, etc, fazem de Fall of the Thran, o sonho molhado de todo jogador maluco de stax” x2.
 


E tribal de wizards ganhou um reprint funcional/ condicional de Counterspell.
 
 
Preto:



Eu sei que é difícil não ficar todo ouriçado com tio yawgy, satanito, mas não vale a pena.
Vida que segue.
 


3 triggers lindos, com apenas um defeito – os amiguinhos terão tempo de sobra pra se preparar pra porrada.
Continua sendo uma carta muito boa, e se você curte um “fair play”, ela é perfeita pra você.
 


Eu geralmente não recomendo cartas que deem poder de escolha aos oponentes.
Também é um pouquinho mais pesada do que eu gostaria, mas por um CMC 5, você leva 3 ativações relevantes.
E, na pior das hipóteses, você dá uma segurada no jogo.
 


Diabolic Tutor e Entomb em uma carta só. Não bate o combo Demonic Tutor e Entomb, mas pra quem tá no budget, é uma opção espetacular.
 


Spot removal auto include em superfriends.
Não tem muito o que discutir – num super redondinho, esses 2 marcadores, no mínimo, viram 4, e tome ulti nos peitos.
Fora do arquétipo, porém, não há justificativas pra rodar com a carta.
 


Ah, o poder de sedução do deck jank...
Enfim, com um commander jund (Shattergang Brothers ?), você teria acesso a Shared Animosity e Overrun, por exemplo.
Vai dar certo? Lógico que não.
Muita gente vai tentar mesmo assim? Lógico que vou!
 


Não é nem de longe um dos melhores sac outlets que você poderia rodar, mas é um dos que mais vai fazer paranauê com o seu tribal de cogumelo – Slimefoot, the Stowaway se dá bem com as duas opções, inclusive.
 
 
Bom, é isso, satanitos!
 
Na próxima coluna, fechamos com os demais destaques do set.
 
Até lá!


LigaMagic App

ARTIGOS RELACIONADOS

Guia de Pré Lançamento: Dominária!

Tudo o que você precisa saber.


12 Listas com Dominária

O impacto da nova edição no Standard.


PAUPERando em Dominária

A nova edição e o formato das comuns.


Laboratório de Commander- Vamos ao Brawl!

Commander em um novo formato.


E esse tal de Brawl?

Novo formato Commander voltado para o Standard.





Comentários

Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.

FrankMartin (08/05/2018 11:31:36)

Simples, pega teu deck de Markov x1(French ou MOL, tanto faz) onde ele é ridiculamente forte e joga no Mesão onde o Markov é meia boca pra Ok e por isso não é banido.

mauriciocastanho (08/05/2018 09:07:38)

Fall of the thran + brago, King eternal = armageddon todo turno

vincilios (08/05/2018 03:38:31)

Só jogar EDH com teu Markov, oras.

aziszoo (07/05/2018 21:59:38)

Parei de jogar commander depois que baniram meu deck. R.I.P. Markovão! Mas é tão engraçado ler estes artigos do Sady que, como diria aqui em Minas: Tem base não...