Real Rogues! – É hora de Explorar!
07/03/2018 10:00 / 4,522 visualizações / 6 comentários

 

 
 
“Ouçam-me, pedra, raíz, galho: sejam o punho desta terra. Expulsem os que pisoteiam seu domínio. ”Andarilho VicejanteAndarilho Vicejante
 

Olá exploradores de Ixalan! Na lista rogue de hoje exploraremos a mecânica de explorar, explorando os seus recursos ao máximo! #muita exploração!
 
Essa habilidade, que nos permite brincar com marcadores +1/+1 e draws de terreno não é novidade no formato Standard. A novidade é construir um deck ao redor da repetição desses efeitos, “bugando” o jogo e vencendo o oponente de uma forma que parecerá bem injusta! Veremos que quando exploramos demais, coisas estranhas passam a acontecer. Criaturas entram jogo com muitos marcadores, ganhamos vida, o número de permanentes aumenta rapidamente devido aos terrenos comprados e o oponente vai pouco a pouco desistindo da partida. O fato é que ninguem quer ser explorado não é mesmo?!
 
A lista tem uma posição favorável no meta atual. Ganhar vida e possuir boas remoções nos deixa bem posicionados contra os aggro decks. A cor preta de nossa lista, por sua vez, com ajuda de bons descartes, faz com que os controls sofram bastante. A diversão de nossa lista está em desencadear múltiplos efeitos de exploração e construir vantagens a cada turno. Trata-se de uma lista com um early game um pouco lento, mas quando reúnimos os cards chave na mesa, começa um pesadelo para nosso oponente! É um deck bom para ganhar a partida de virada. Hora de explorar essa lista:
 
Warning! Warning! Warning!
O ministério do Magic the Gathering adverte: estes são decks rogues, decida por você mesmo se jogam ou não jogam, ao persistirem os sintomas monte um novo deck!

GB Explorar
 
GB Explorar! - Standard
2018-03-04

Jogador

chandler

Visitas

4582

Código Fórum

[deck=824515]
 
Direto ao combo
 
 

A estratégia de nossa lista é simples e bastante divertida. Indo direto ao ponto, Andarilho Vicejante é uma de nossas estrelinhas. Esse cipó fisiculturista fica (grande porr) muito grande! A título de compreender o tamanho desse bicho no Standard atual, caso você explore duas vezes, você terá uma criatura que não morre para Portador da Gloria, que rende 6 pontos de vida inutilizando 1 turno de ataque de uma Hazoret, por exemplo. De fato, os monoreds são os decks que mais sofrem ao enfrentar essa criatura. A questão é: será que vamos explorar apenas duas vezes? Caminho da Descoberta nos diz que explorar só duas vezes é muito pouco. Com esse maravilhoso encantamento, podemos explorar muitas vezes, facilmente.

A interação mais forte que temos nesse deck é a combinação de Driade Germinadora com esse encantamento. Dríade e Caminho da Descoberta, juntos, são quase sinônimo de GG. A habilidade dessa criatura coloca fichas em jogo em ambas as manutenções, repetidamente. Isso faz com que você ganhe uma verdadeira máquina de explorar, aumentando seu número de terrenos, filtrando o deck e/ou fortalecendo suas criaturas. Fora isso, o cmc 5 da dríade é muito bom para evitar Empurrao Fatal. Esse filtrar do deck é muito importante para chegar nas cards chave mais facilmente. Adicionalmente, mesmo quando colocarmos nossos recursos em nosso cemitério, poderemos utilizá-los mais tarde.
 
Acho que já dá para imaginar o estilo de jogo, não é mesmo? Quando as cartas começam a se repetir do nosso lado da mesa a coisa fica insana! Com explorações múltiplas e triggers na pilha.
 
Essas combinações de efeitos são sem dúvidas ambiciosas, mas não são tão difíceis de se conseguir. Temos logo no começo de nossa curva Andarilha das Copas Tritã e Advinha de Ixalli para nos ajudar a armar essa estratégia e disputar o early game com as criaturas do adversário. Como veremos, há também outras cartinhas que ajudam o deck a rodar consistentemente. A lista equilibra o filtrar de nosso deck, com cartas que são ameaças por si só e remoções para deixar o oponente mais lento.

Fortalecendo o Combo
 
 

Nosso combo é simples e funciona muito bem, obrigado. O problema é que talvez o oponente não queira colaborar com essa exploração toda. É de se esperar que dríades e andarilhos sejam mortos no processo...Mas... Não se preocupem! Vossa majestade Liliana está aqui para adicionar toques necromantes refinados ao jogo. Liliana, Majestade da Morte é altamente sinérgica com nossa lista. Ela pode retornar criaturas importantes de nosso cemitério para jogo, reduzindo a eficácia das remoções de nosso oponente. Além disso, sua habilidade +1 de lealdade combina muito bem com Caminho da Descoberta e ela pode até mesmo ganhar o jogo sozinha.

Também com o propósito de fortalecer nosso combo e resiliência geral do deck, utilizamos duas cópias de Sonhos Desvairados. Essa carta fica especialmente boa em nossa lista, pois conforme o tempo de jogo passa, acumulamos terrenos e vida. Não é difícil imaginar que devolveremos 3 cards de nosso cemitério para nossa mão. Difícil fica a situação do jogo para nosso oponente quando fizermos isso.

Ainda para ajudar a dar liga a esta estratégia, utilizamos Patrulheira Jadeluzente, cartinha famosa do Standard, que aqui pode explorar 2,3, 4 vezes ou mais! Algumas vezes a partida torna-se tão simples quanto baixar Andarilho Vicejante no turno 2 e uma patrulheira no turno 3. Essa dupla é bem favorável. Rishkar, Renegado de Peema também aparece na lista, nos ajudando a rampar alguns dos games e podendo abusar de marcadores +1/+1 caso entre em jogo múltiplas vezes.

Removendo de igual para igual
 
 

É de se esperar que enfrentemos as famosas remoções do formato e obviamente também iremos utilizá-las. Esse é um jeito de manter o equilíbrio entre os decks do formato. Empurrao Fatal vai, Empurrao Fatal volta.

Vale a pena usar Desprezo de Vraska para desprezar deuses inimigos e Fênix indesejadas!
 
Ah, nossa remoção não convencional da vez é a planeswalker Vraska, Cacadora de Reliquias. Além de podermos utilizá-la com esse propósito de remover artefatos criaturas e encantamentos, ela pode colocar fichas em jogo ativando explorar. Ah... eu não preciso falar que o ult dela é sensacional né? É desse modo que ficamos com várias rotas para a vitória e várias cartas sinérgicas entre-si.
 
 
Sideboard
 
 
O sideboard de nosso deck de hoje é particularmente agradável de se utilizar. Contra decks controle, temos uma estratégia tipo queijo suíço. Vamos fazer buracos no deck do oponente combinando Coagir e LLegado Perdido. Cartas particularmente úteis contra Aproximacao do Segundo Sol. (o segundo sol NÃO vai chegaaarr...)

Contra os decks bravinhos e agressivos Momento de Avidez é a melhor escolha. Nosso deck já ganha vida normalmente, adicionado o side, as coisas podem ficar bem chatas para o oponente. De fato há muitas opções nas cores preto e verde, outra escolha interessante é Defesa Florescente, caso o deck inimigo seja uma dessas belezinhas com 12+ removals no maindeck (sempre tem alguém que faz isso não é mesmo?!).
 
Bem, vamos para algumas sugestões específicas:
 
Grixis Midrange:
 
Deck com grandes ameaças, podemos lidar com as respostas deles e ainda anular algumas respostas.
 
 
Mardu Vehicle:
 
Tchau Tchau Kiran!
 
 
Hard Controls:
 
Vamos fazer buracos no deck adversário e entender quais cards ele tem na mão.
 
Side in: +3 Coagir, +3 Legado Perdido
Side out: -4 Empurrao Fatal,  -2 Desprezo de Vraska

Red Decks:
 
Mais rapidez e mais vida.
 
 

   
Hoje Real Rogues Explorou o território de uma nova lista para o mundo! Em contraponto com nossa lista passada, este deck é fácil de se pilotar, bom para players jovens e também para os mais experientes que quiserem se divertir. O ápice da diversão começa quando o oponente pega para ler Driade Germinadora, card muito forte e extremamente subutilizado no Standard atual. Isso quer dizer que talvez ele nem se lembre das habilidades dessa dríade. Sem conhecer as sinergias dessa lista, o outro lado da mesa vai ter uma surpresinha bacana. Faça suas mudanças e saia do meta!
   
Boa sorte nessa aventura, que os triggers estejam com você!

Edu Godoy
 
 

Edu Godoy ( chandler)
É um estrategista deck builder com nível de captura 999 e Conhecimento Acumulado sobre vários decks! Escreve sobre For Fun, rogues, competitivos e spoilers. Gosta de utilizar as sugestões de cards dos leitores para construir decks “novos para o mundo”. Joga e estuda Magic desde que dragões voavam com ímpeto e gatos ígneos metamorfoseavam.
Redes Sociais: Facebook
LigaMagic App

ARTIGOS RELACIONADOS

28º no RPTQ

Conclusões e o Estado do Standard.


Acompanhe a Pro Tour Dominaria

Hora dos profissionais explorarem a nova coleção!


Na Grande Final do CLM11: UW Cycle

Standard: UW Cycle, de Leandro Gurther.


O Submundo do Modern - Enduring Renewal Combo

A morte é apenas uma oportunidade!


Por Dentro do BG Robots

A novidade para a semana de CLM e PPTQs.





Comentários

Ops! Você precisa estar logado para postar comentários.

chandler (08/03/2018 11:27:32)

isso mesmo, ela pode dar muitos blocks!

Hael333 (08/03/2018 08:30:34)

a adivinha me parece melhor que a andarilha pra estrategia do deck, você não ta tentando competir no rush e a adivinha te da um early mais safe.

Caramujao (08/03/2018 07:58:36)

é serio 1 andarilha e 4 advinha ^^ e 0 constritora :/

chandler (07/03/2018 22:24:30)

eu também acho isso! hehe abs!

MrSocrates (07/03/2018 17:12:13)

Acho que no máximo umas 2 cobras, no lugar das Dríades e olha lá ainda...

O deck não é exatamente centrado nos marcadores +1/+1. Faz parte da brincadeira, mas acredito que o esquema aqui é potencializar o Explorar, via redundancia e recursão.

A cobra ajuda, mas acho que fica subutilizada nesse deck. Em alguns Explorar que revelarem terrenos, a cobra contribui com absolutamente nada para o efeito...

Marcio_Janio (07/03/2018 11:58:43)

Eu acho que a cobrinha tem lugar nesse deck. Ela deixa todo o deck melhor.